0capa

Belém, cidade centro do mundo.

Intervenção + Workshop

“Intervenções da Arte na cidade centro do mundo. Arte pública em Belém” foi um projeto de oficina somada a uma intervenção artística organizada por meio da combinação de esforços do GEAPPA – Grupo de Estudos sobre Arte Pública do Pará – UFPA, Desafios Contemporâneos da FUNARTE e SESC Pará. O projeto ocorreu em duas etapas, ao longo de uma semana, na qual foram realizados encontros para discussão e produção de três painéis para o espaço da oficina do SESC Boulevard e uma ação urbana baseada no projeto “Kleemania” de Hélio Oiticica, efetivado com a ajuda de um grupo de amigos e convidados, no bairro do Caju, Rio de Janeiro, em 1979.

O grupo participante da oficina proposta para a cidade de Belém formou-se por artistas, arquitetos, historiadores, geógrafos, lingüistas, além de estudantes de arte da Universidade Federal do Pará. A contextualização dos encontros explorou as formas de arte pública e urbana no mundo contemporâneo por meio dos elementos trazidos pelos universos convergentes dentre Arte, Paisagem e Cidade.

O projeto para os painéis teve inicio com a proposição de uma revisão plástica e conceitual do mapa da cidade de Belém e do conceito de centralidade, seja da própria cidade-capital-Belém, seja pela ideia de centralidade apresentada hoje no circuito artístico. Os conjunto final desses painéis foi ocupado individualmente pelos integrantes da oficina a partir de colagens, desenhos, pequenas maquetes de papel e demais inscrições de objetos e imagens da visualidade dos arredores do SESC, localizado em frente ao conhecido Mercado Ver-o-Peso.

Ao final encontros da oficina, ainda no espaço interno do SESC, o grupo trabalhou o mapeamento de novos centros a serem criados pela intervenção planejada para o último dia do projeto. Em pequenos grupos viabilizou-se a ação nas ruas da área central num percurso que partiu da área dos fundos do prédio do SESC em direção a Praça da República, reconhecida por suas dimensões generosas a projetos de intervenção artística, tanto quanto pela diversidade cultural e social que abriga.

Ao longo desse trajeto, cada participante ou pequeno grupo formado dentre eles, estabeleceu um ponto, um novo centro para elaborar sua intervenção a partir da estrutura vazada e quadrada, tal qual aquela utilizada por Oiticica em seu primeiro de vários “acontecimentos poético-urbanos” da cidade do Rio de Janeiro. Os materiais empregados foram diversos (carvão, sementes, gelo, folhas, flores, serpentinas, etc) bem como os locais e condições de visualidade estabelecidos. Todos eles demarcaram ações efêmeras na paisagem, perfeitamente absorvidas pela própria condição urbana dos locais visitados e pontuados. Ao todo, foram realizados 15 pontos de intervenção com as novas Kleemanias.

O grupo, híbrido e participativo, foi muito importante para a qualidade do debate e escolhas estabelecidas nessa semana de trabalho conjunto. O resultado assumiu uma condição de passagem, tanto na etapa interna quanto externa, e sua condição efêmera provocou o curto-circuito desejado no cotidiano local. A proposta acabou desdobrando-se na rede virtual formada pelos participantes e oferece hoje a possibilidade dos muitos ângulos registrados fotograficamente por todos.

O deslocamento promovido pela oficina pode confirmar o pressuposto que deve carregar todo viajante do Sudeste até o Norte do Brasil, ou seja, o de que a produção contemporânea nos oferece desafios a serem partilhados pelas distintas formas de distância geradas na Globalização atual. Muito diferentemente de concordarem com a ordem estabelecida pela caricatura tropical, usualmente aplicada aos grupos locais, o que se confere na cena urbana cultural de Belém é uma qualidade crítica atenta às propostas da criação artística contemporânea. O centro é aqui, também.

Ficha Técnica do Projeto:

Período da Oficina: de 17 a 22.09.2012
Concepção e coordenação geral: Sylvia Furegatti
Coordenação do GEAPPA : Ubiraelcio Malheiros
Monitores | GEAPPA: Ediberto Nunes Negrão Junior e Yone de Carvalho
SESC Boulevard | Área de Artes Visuais: Marcio
Técnica Responsável | Funarte RJ: Vera Rodrigues

Grupo Participante:
Cilene das Mercês Barreto Nabiça, Luiz Guilherme dos Santos Junior, Danieli dos Santos Pimentel, José Sena Filho, Ingrid Souza da Silva, Paulo Sergio das Neves Souza, Fernando de Pádua Azevedo, Rosangela F Modesto, David Beget Luiz, Humberto B de Freitas, Samuel Sousa da Silva, Norma Lima Moreira, Telma Saraiva dos Santos, Marcely Gomes Feliz, Ana Paula Correa de Souza, Evila Lorena Nascimento, Monik dos Santos Silva, Isley Martins e Souza, Danilo Pontes B Peres, Larissa Costa, Danielle Cruz Pauxis, Sabrina Correa Pena, Suellen C da Costa, Marcio Campos Monteiro, Nágila Lima d’Oliveira, Eliane da Silva Freitas, Felipe Gustavo, Evna Mara M Gutierrez, Murilo Carvalho Rodrigues, Eliane Cristina da Costa, Danilo Pontes, José Diogo Lira Costa, José Domingos Siqueira Junior.